festival música de Setúbal

Bem-vindo


O Festival de Música de Setúbal é um fenómeno cultural único, agora na sua sexta edição, que continua a convidar artistas de renome internacional, portugueses e estrangeiros, ao mesmo tempo que envolve a comunidade local – incluindo quase 1500 jovens – na criação e performance musicais. Os nossos músicos visitantes incluem a Sinfonieta de Lisboa, com o maestro Vasco Pearce de Azevedo, a violoncelista Irene Lima e o saxofonista Pedro Corte-Real (vencedor do Prémio Jovens Músicos 2015), o pianista brasileiro Marcelo Bratke (em colaboração com a artista visual Mariannita Luzzati), e o violoncelista Filipe Quaresma, que juntam forças com jovens Coros de Lisboa e Setúbal, dirigidos por Paulo Lourenço – e se apresentam todos pela primeira vez no Festival.

Clarence Adoo é um convidado especial, um trompetista profissional que ficou paralisado num acidente há 20 anos e que agora volta a tocar com instrumentos especialmente inventados para ele, inspirando novas gerações que até aqui apenas podiam ousar sonhar em tornar-se músicos.

O tema deste ano do Festival é o Sal, que protagonizou um papel importante na história, cultura e economia de Setúbal durante milhares de anos. Primeiro os Fenícios, depois os Romanos e mais tarde os Holandeses, vieram explorar este importante recurso local, que não só ligou a cidade aos mais influentes portos comerciais do norte da Europa, como também se tornou um ingrediente chave nas receitas internacionais que permitiram cimentar a relação entre Portugal e o Brasil. O sal era tão valioso que permitiu aos Romanos pagarem o salário dos seus soldados – em sal, não em dinheiro! A importância do sal, para Setúbal e para o mundo como um todo, apresenta diversos aspectos e reflete-se das mais variadas formas criativas, lúdicas e instigadoras do pensamento, ao longo de toda a programação.

Os visitantes do Festival podem desfrutar dos concertos em alguns dos mais belos e históricos edifícios de Setúbal, incluindo a Igreja do Convento de Jesus e os seus recentemente restaurados Claustros, que estão entre os mais importantes tesouros arquitetónicos de Portugal. Esperamos que encontre a quantidade certa de sal neste banquete musical que preparamos especialmente para esta edição, e que se deleite com os inúmeros sabores da grande diversidade cultural de Setúbal.

Ian Ritchie
Diretor Artístico

 

Welcome


The Setubal Music Festival is a unique cultural phenomenon, now in its sixth edition, continuing to bring internationally-acclaimed guest artists, from Portugal and overseas, together with the local community – including almost 1,500 young people – in the creation and performance of music. Our visiting musicians include the Lisbon Sinfonietta, with maestro Vasco Pearce de Azevedo, cellist Elena Lima and saxophonist Pedro Corte-Real (winner of the 2015 Prémio Jovens Musicos), Brazilian pianist Marcelo Bratke (in collaboration with filmmaker Mariannita Luzzati), and cellist Filipe Quaresma, joining forces with young choirs from Lisbon and Setubal, all of whom are making their Festival debuts this year.

A special guest is Clarence Adoo, a former professional trumpet player who was paralysed in an accident 20 years ago, now performing again on specially invented new instruments and inspiring generations of young people who have previously only been able to dream of being musicians.

The Festival’s theme this year is Salt, which has played an important part in the history, culture and economy of Setubal for thousands of years. First the Phoenicians, then the Romans and later the Dutch came to exploit this rich local asset, which not only connected the city with the wealthy trading ports of northern Europe but also became an essential ingredient in the international recipe for fulfilling relations between Portugal and Brazil. Salt was so valuable that it enabled the Romans to pay their soldiers’ salaries – in salt, not in money! The significance of salt, for Setubal and the world as a whole, takes many forms and is reflected in various creative, entertaining and thought-provoking ways throughout the programme.

Visitors to the Festival can enjoy concerts in some of Setubal’s beautiful and historic buildings, including the Church of the Convent of Jesus and its recently restored Cloisters which are among Portugal’s most significant architectural treasures. We hope that you will find exactly the right amount of salt in our specially prepared feast of music and enjoy the full flavours of Setubal’s richly diverse culture.

Ian Ritchie
Artistic Director

Voltar ao topo